Passados nove meses desde o início do projeto, a SEAT e a Champion Motors Ltd., importador da marca em Israel, concluem com sucesso a primeira fase do projeto XPLORA. A iniciativa tem como objetivo aprofundar a relação com start-ups e atores relacionados com a mobilidade de Israel e identificar projetos inovadores que no futuro possam resultar em novas soluções e modelos de negócio para a SEAT.

XPLORA team analysing start-up partnership opportunities

 “Foi uma primeira etapa apaixonante e exaustiva, pois conhecemos mais de 100 empresas, analisamos em profundidade 40 delas e, finalmente, vamos implementar provas de conceito com 8. Estamos a estudar com os parceiros como adaptar a sua tecnologia aos automóveis e sistemas da SEAT de forma a que tragam uma inovação efetiva”, destaca o Dr. Matthias Rabe, Vice-presidente de I+D da SEAT. “A decisão de irmos para Tel Aviv justifica-se com motivos estratégicos, já que queremos ser conhecidos como uma empresa tecnológica promotora da mobilidade, e não apenas como fabricante”, conclui.

Segunda fase XPLORA

O plano entra agora numa segunda fase na qual se definiram novos “Xplorers”. Entre eles, um especialista em temas de Digital Key e de Cibersegurança na área de desenvolvimento elétrico e eletrónico, e outro da equipa de desenvolvimento de negócio do recém-criado XMOBA, que se focarão na identificação de novas soluções de mobilidade e de melhores experiências para o utilizador, em áreas como as de assistência à condução, mobilidade enquanto serviço, soluções para veículos elétricos, cibersegurança ou Indústria 4.0.

A equipa do XPLORA conheceu mais de 100 start-ups em Tel Aviv, e 8 delas já se encontram em fase de análise para definição das provas do conceito.

O desembarque em Tel Aviv deixou claro dois pontos. O primeiro, relacionado com a presença no país e a importância de conhecer de perto o ecossistema de start-ups. “A colaboração com a Champion Motors Ltd., o nosso importador em Israel, foi a chave neste ponto e ao longo de todo o processo de scouting”, assinala Arantxa Alonso, diretora executiva da XMOBA.

O segundo está relacionado com o reconhecimento de oportunidades. Segundo Alonso, “as melhores aplicações em hardware podem acrescentar valor à melhoria da experiência de condução e às soluções de software pensadas para o desenvolvimento de soluções focadas na melhoria da mobilidade”.

XPLORA passa do scouting ao pôr em prova o conceito no automóvel

Entre os projetos que já estão a entrar na fase de prova do conceito como possíveis soluções de mobilidade, destaca-se uma solução que poderia substituir o uso de bilhetes de transporte por um sistema digitalizado de reconhecimento do passageiro. Este sistema permitiria gerir uma tarifa personalizada além de dar informação relevante sobre os padrões de mobilidade aos gestores da infraestrutura.

A empresa começa uma segunda fase do projeto XPLORA com novos perfis que ampliam a procura de necessidades não exploradas.

Entre os projetos centrados na melhoria da experiência de condução, destaque para um relacionado com os vidros do automóvel. A SEAT está a analisar um sistema de projeção laser capaz de transformar os vidros em ecrãs.

Além disso, a SEAT está a avaliar um sistema relacionado com a informação e a comunicação dentro do veículo. Trata-se de uma tecnologia inovadora que consegue fazer com que o som chegue diretamente aos ouvidos do condutor e dos passageiros de forma individual. A sua possível implementação está sob análise para integração num modelo SEAT num futuro próximo.

A viabilidade destes projetos está sujeita a análises e a provas de conceito e será avaliada nos próximos meses.

Referência no carro conectado

Os avanços do XPLORA marcam mais um passo firme no compromisso da SEAT em converter-se numa referência na conetividade do carro. Bom exemplo disso é a cooperação com a Amazon, para integração de Alexa, o assistente inteligente por voz, para os veículos SEAT, a implementação do Waze, o sistema de navegação da Google, nos automóveis da marca ou a recente integração do Shazam nos veículos do construtor espanhol.