As vendas mundiais da SEAT cresceram 7% entre janeiro e abril de 2019 face ao período homólogo do ano anterior. Pela primeira vez, a venda de carros SEAT superou os 200.000 automóveis - em rigor, 202.600 - nos primeiros quatro meses do ano. Entre janeiro e abril de 2018, a SEAT entregou 189.300 automóveis, o melhor resultado até ao registo obtido este ano.

No passado mês de abril, a SEAT vendeu 51.000 carros, mais 1,8% em relação ao resultado equivalente obtido em 2018. E é também o melhor mês de abril, superando o valor registado há um ano (50.100).

Por outro lado, as vendas da nova marca CUPRA* continuam a bater recordes. Nos primeiros quatro meses do ano, a venda de carros CUPRA atingiu os 7.900 automóveis, um crescimento de 82,3% em relação aos quatro meses equivalentes de 2018 (*nota: resultado integrado no valor total de vendas da SEAT).

Venda de Carris

O vice-presidente Comercial da SEAT e CEO da CUPRA, Wayne Griffiths, sublinhou que “estamos a crescer de forma sólida nos quatro primeiros meses do ano, apesar do ambiente económico complexo, e continuamos a ganhar quota de mercado, especialmente nos principais países europeus. Acreditamos conseguir manter esta tendência positiva durante o resto do ano graças à gama SUV, que já representa mais de 40% das nossas vendas a nível global. A CUPRA contribuiu significativamente para o nosso sucesso com os bons resultados tanto do recém-lançado CUPRA Ateca como do Leon CUPRA”.

Entre janeiro e abril as vendas de carros cresceram 7% em relação ao período homólogo de 2018

Nos primeiros quatro meses de 2019, a Alemanha, a Argélia e o Reino Unido foram os países que mais cresceram em volume de automóveis em relação ao mesmo período do ano anterior. Espanha é o maior mercado da SEAT e nestes meses em análise subiu 4,2%, alcançando um total de 40.900 carros vendidos. A SEAT é a marca líder em Espanha e o Leon o modelo mais vendido. A Alemanha (40.100; +13,4%) e o Reino Unido (25.500; +7,6%) seguem-se, em volume, a Espanha, enquanto França e Itália, dois países-chave na estratégia de crescimento da SEAT na Europa, crescem a dois dígitos com 11.400 (+14,6%) e 9.600 (+14,4%) carros vendidos, respetivamente.

As vendas da SEAT também dispararam na Áustria (8.000; +2,5%), Suíça (4.600; +13,9%), nos Países Baixos (4.100; +22,3%), Suécia (2.700; +14,1%) e Dinamarca (2.200; +28,4%), enquanto na Argélia, que mantém a sua forte tendência ascendente, chegou aos 12.000 automóveis entregues (11.900; +18,7%).

Resultados financeiros também em crescimento

O aumento das vendas e o efeito positivo da venda de carros com uma melhor margem permitiram o crescimento do lucro operacional da SEAT para um valor recorde de 89 milhões de euros no primeiro trimestre de 2019, mais 5,5% em relação ao período homólogo de 2018 (85 milhões). Em acréscimo, o volume de negócios da SEAT ultrapassou pela primeira vez os 3.000 milhões de euros (3.053) entre janeiro e março de 2019, mais 9,7% do que nos primeiros três meses do ano anterior (2.782 milhões).