A SEAT e o Grupo Sesé voltam a colocar-se na vanguarda do transporte rodoviário. As duas empresas realizaram uma prova piloto para analisar o comportamento do duotrailer, o maior e mais eficiente camião de distribuição de mercadorias que irá circular em alguns países europeus.

O trajeto realizou-se entre Saragoça e a sede da SEAT, em Martorell, e repetir-se-á nos próximos meses com o transporte de componentes.

Tem 30 metros de comprimento e reduz em 20% as emissões de CO2 por trajeto.

O duotrailer conta com dois atrelados de 13,60 metros puxados por um camião-trator da Scania, marca do Grupo Volkswagen, e um comprimento total de 31,70 metros que suportam uma capacidade máxima de 70 toneladas.

No total, permite uma redução das emissões de CO2 em 20% por trajeto e uma diminuição de 25% nos custos logísticos, valores que estes testes deverão confirmar. Concebido para circular em vias rápidas, o duotrailer também reduzirá o número de camiões em circulação nas estradas convencionais, onde se registam os índices mais elevados de sinistralidade.

Dr. Christian Vollmer, Vice-presidente de Produção e Logística da SEAT, sublinhou que “o duotrailer equivale a reduzir em 50% o número de camiões em circulação e isso representa enormes vantagens em termos de sustentabilidade, meio ambiente, segurança e eficiência. A inovação está no ADN da SEAT e estes testes dão continuidade ao espírito que nos fez trazer o megatruck para Espanha há dois anos, através do Grupo Sesé”.

O duplo trailer representa uma poupança de 25% nos custos logísticos e redução da sinistralidade nas estradas.

Por agora, tratam-se de testes de investigação que terminarão com um relatório que demonstre os resultados e os benefícios deste novo veículo na redução de emissões, na eficiência e segurança rodoviária, para que, num futuro próximo, possa ter uma circulação regular em Espanha.

Em relação a estes benefícios, Ángel Pueyo, Diretor geral do Grupo Sesé, afirmou que “à redução de sinistralidade nas estradas, das emissões e à poupança de custos, acrescenta-se a versatilidade, já que este transporte favorece, sem dúvida, a intermodalidade e melhora a eficiência e a sustentabilidade”.

O passo seguinte ao megatruck

A SEAT e o Grupo Sesé apostaram definitivamente na mobilidade sustentável por estrada há dois anos quando introduziram o megatruck em Espanha, um camião com mais de 25 metros que, até agora, era o maior e mais sustentável veículo que já circulou em estradas espanholas.

Com a chegada do duotrailer, a redução de emissões de CO2 é ainda maior, passando de 14% para 20%, face a um camião convencional. A principal explicação para a redução está na melhoria da eficiência do consumo de combustível por tonelada, uma vez que a capacidade de carga aumentou em seis metros e meio no comprimento e em 10 toneladas de peso, comparando os dois veículos.

Além disso, o duotrailer oferece maior eficiência em termos de intermodalidade no transporte ferroviário, já que os comboios estão concebidos para operar no máximo rendimento com atrelados de 13,60 metros, como os do duotrailer, que são transportados dentro dos vagões. Portanto, o duotrailer pode também ser vantajoso no transporte por ferrovia para o resto da Europa.