A SEAT fechou o primeiro trimestre do ano com o maior crescimento de vendas desde 2001. As entregas mundiais cresceram 14% comparado com igual período  de 2016, totalizando 117.300 viaturas  (2016: 102.900), ou seja, mais 14.400. A SEAT distribuiu 53.200 veículos em março, o que representa um aumento de 14.4% durante o mesmo período do ano transato (46.500). O número de veículos vendidos em março é o mais alto num único mês nos últimos 17 anos, desde março de 2000.

O número de veículos vendidos em março é o mais alto num único mês nos últimos 17 anos, desde março de 2000.

“Fechamos o primeiro trimestre ainda com melhores resultados do que os inicialmente previstos. Somos uma das marcas de crescimento mais rápido na Europa e estamos muito satisfeitos com o resultado global mas também com o fato de o crescimento estar a registar-se de forma bastante homogénea nos nossos mercados graças à ofensiva de novos modelos. A chegada do renovado Leon impulsionou as vendas e o novo Ibiza contribuirá positivamente para estes resultados a partir de junho”, afirma Wayne Griffiths, Vice-Presidente de Vendas e Marketing da SEAT.

As vendas da marca aceleraram graças à sólida atuação comercial nos cinco principais mercados, registando um crescimento de dois dígitos em todos eles. Espanha encabeça as entregas no primeiro trimestre do ano com 24.700 veículos vendidos (+16,6%), seguem-se a Alemanha (20.600; +10,1%) e o Reino Unido (16.800; +25,2%). França (6.400; +12,3%) e Itália (5.300; +17,9%) também subiram acima dos 10%. O crescimento de vendas da SEAT estende-se ao resto da Europa,  Áustria (4.800; +31,9%) e Suíça (2.500; +78,5%) que sobressaem face a outros mercados com grandes incrementos. O crescimento de vendas registado em dois países chave, México (6.800; +11,0%) e a Turquia (4.900; +10,4%) também contribuiu para estes resultados globais.

Em Portugal os resultados não são menos impressionantes, já que as 1.950 unidades registadas no primeiro trimestre deste ano correspondem a uma subida de 11% comparativamente ao período em análise de 2016.

“O arranque de 2017 mostra-se muito auspicioso também para a SEAT Portugal. A SEAT cresceu no primeiro trimestre 11% versus o período homólogo do ano passado, o que significa que cresceu 4 vezes mais que o mercado de passageiros. Foi determinante neste sucesso o lançamento do Novo Leon e o desempenho do extraordinário Ateca”, esclareceu Rodolfo Florit, Diretor Geral da SEAT Portugal.

O Novo SEAT Ibiza, chega aos Concessionários em junho.

No primeiro trimestre de 2017, a SEAT renovou o SEAT Leon, o modelo mais vendido da marca, que chegou aos concessionários em janeiro. A companhia apresentou igualmente a quinta geração do SEAT Ibiza, que já está disponível no configurador em SEAT.pt desde a semana passada. No segundo semestre deste ano a SEAT lançará o novo crossover compacto Arona e em 2018 a gama continuará a crescer com um terceiro SUV que se situará num segmento acima do Ateca.