Em 2018, o Centro de Saúde e Reabilitação CARS, da SEAT, realizou mais de 70.000 procedimentos médicos, o que equivale a 325 visitas diárias agendadas pelos trabalhadores, incluindo consultas, testes de diagnóstico, sessões preventivas e de recuperação e testes biomecânicos. Um total de 4.671 pessoas, que é praticamente um terço da força de trabalho da SEAT, procurou tratamento neste segundo ano de atividade do centro CARS, que conta com instalações únicas em Espanha, onde a SEAT investiu 3,3 milhões de euros.

Quase um terço dos trabalhadores beneficiou dos serviços prestados por este centro de saúde e reabilitação SEAT

A CARS disponibiliza serviços médicos, incluindo ortopedia, cardiologia, ginecologia, saúde mental, diagnóstico por imagem, fisioterapia, fitness e reabilitação, para os mais de 15.000 funcionários da SEAT. O centro também possui um laboratório de biomecânica, a maior e mais avançada instalação da Espanha, que é usada tanto para definir novas estações de trabalho baseadas em ergonomia como para ajudar a tornar a recuperação de lesões mais precisa, facilitando assim o retorno ao trabalho. Depois de quase dois anos operacionais, o Centro de Saúde e Reabilitação da SEAT tornou-se referência em serviços médicos corporativos.

De acordo com o vice-presidente de recursos humanos da SEAT, Xavier Ros, “o CARS dá a todos os trabalhadores a oportunidade de beneficiar de atendimento médico interno de alta qualidade sem listas de espera. A sua ampla popularidade entre a força de trabalho mostra que os nossos funcionários apreciam o firme compromisso da SEAT com a saúde”. Além disso, a Dra. Patricia Such, responsável pela área de Saúde e Segurança Ocupacional da SEAT, destacou que “os números do CARS mostram que, após quase dois anos de atividade, este centro inovador tornou-se um verdadeiro benchmark dos serviços médicos corporativos”.

Centro de Saúde e Reabilitação da SEAT, em números

Os serviços do CARS mais solicitados em 2018 foram ortopedia e fisioterapia. Mais especificamente, 14.642 procedimentos de trauma foram realizados, 41 dos quais resultaram em cirurgia sem lista de espera. Em fisioterapia, foram efetuadas 40.897 sessões pela equipa liderada pelo conhecido fisioterapeuta Toni Bové, o que equivale a uma média de mais de 190 sessões de reabilitação por dia.

O serviço de diagnóstico por imagem realizou 4.075 ecografias, 1.123 radiografias, 516 mamografias e 266 injeções de plasma rico em plaquetas. Para além destes valores, os profissionais de ginecologia realizaram 1.145 consultas e detetaram 18 casos de lesões pré-malignas e três casos de cancro em estágio inicial com prognóstico favorável. A SEAT é a única empresa em Espanha que oferece check-ups ginecológicos anuais completos e gratuitos para as suas mais de 3.000 trabalhadoras. Graças à deteção precoce, o tratamento pode começar imediatamente e obter melhores resultados.

Além disso, a cardiologia, um dos serviços mais valorizados pelos funcionários, detetou 39 casos de patologia nas 1.248 visitas feitas pelos profissionais médicos no ano passado. Finalmente, o serviço de saúde mental, psicologia e psiquiatria agendou 1.384 consultas. O objetivo deste serviço é melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, ajudando-os a lidar com questões, independentemente de estarem relacionadas com a sua vida pessoal ou profissional.

Além dos cuidados médicos, no Centro de Saúde e Reabilitação da SEAT – CARS - também se fazem esforços especiais na prevenção. Um exemplo claro disso são as 897 sessões do programa Return to Work, que foram realizadas em 2018, num movimento para colocar os trabalhadores fisicamente prontos para trabalhar novamente após uma lesão. Estas sessões, juntamente com as 575 agendadas na Escola de Postura, as 2.760 aulas de ginástica monitorizadas pelo CARSfit e os 566 testes realizados no laboratório de biomecânica contribuíram ativamente para reduzir o risco de lesões no local de trabalho. Neste sentido, a SEAT reduziu a taxa de acidentes em 43% em comparação com 2017, o que é uma indicação clara do compromisso da empresa com a saúde de seus trabalhadores.

CARS estende-se às empresas do Grupo Volkswagen

Em 2018, os serviços corporativos de Saúde, Segurança e Emergência da SEAT começaram a integrar todos os funcionários das empresas do Grupo Volkswagen em Espanha ao seu serviço de prevenção conjunta, que atualmente fornece assistência médica para quase 17.800 pessoas em Espanha, representando 75% da força de trabalho do Grupo no país. Esta extensão ocorre gradualmente e cobrirá a força de trabalho de mais de 23.000 funcionários nos próximos anos.