O SEAT Musicathon terminou esta sexta-feira, após uma semana de trabalho intensivo em Los Angeles com a SEAT Sound Branding Team e os talentosos vencedores Christian, Ariadna e Tomm.

O concurso internacional de design sonoro foi um evento com três fases, iniciando em Berlin, teve uma paragem na cidade natal da SEAT em Barcelona e terminou na capital mundial da música em Los Angeles.

Espanha, Alemanha e Itália. Estes foram os três países representados pelos vencedores do SEAT Musicathon. Concretamente, os jovens talentos são Ariadna Castellano (Espanha), Christian Wiercimock (Alemanha) e Tomm Zeskel (Itália). Foram proclamados vencedores após uma maratona criativa de 48 horas que teve lugar em Berlim, com 14 finalistas de sete países (Espanha, Alemanha, Reino Unido, Itália, França, Holanda e México).

Numa segunda fase os vencedores do SEAT Musicathon uniram-se à SEAT Sound Branding Team num fim de semana em Barcelona, onde puderam conhecer a marca SEAT e tudo o que ela representa. Esta seria a base para a fase final desta competição internacional – trabalhar o novo logo sonoro da SEAT.

A maior parte do tempo da semana em Los Angeles foi passado no estúdio e a trabalhar no novo logo sonoro SEAT. No entanto, os vencedores também participaram em workshops dados pelos embaixadores da SEAT e por peritos em produção musical com os BEATS sonoros da marca, e também puderam viver um pouco da famosa vida californiana.

“Após uns dias emocionantes em Barcelona, casa da SEAT, começámos o trabalho. O nosso primeiro objetivo: desenvolver um briefing criativo. Para passar o lado criativo de “conseguimos fazer tudo” para “ESTA é a nossa marca”. Este é um processo altamente criativo e quanto mais heterogéneo é o grupo, mais diferentes e melhores são as ideias. Com Ariadna, Christian e Tomm não só tivemos esta diversidade, mas eles também são excelentes artistas.”

Lars Ohlendorf, Diretor Criativo da SEAT Sound Branding Team

Com o Musicathon é a segunda vez que a SEAT confia na cocriação seguindo o Architon que foi efetuado o ano passado em Barcelona com 40 estudantes Alemães e Espanhóis, que foram desafiados a criar o museu Digital da SEAT.

Assim, tal como o primeiro desafio de cocriação da SEAT, o Musicathon provou uma vez mais como pode ser frutífera e criativa a colaboração de trabalho entre jovens, novos talentos e profissionais experientes no mundo da música. A SEAT aguarda agora o momento para partilhar os resultados do excelente trabalho do grupo.