Partilhar

Depois de um verão intenso de corridas e adrenalina por toda a Europa, o SEAT Leon Eurocup 2015 chegou ao fim no Circuito da Catalunha em Barcelona onde Pol Rosell saiu triunfante.

Tudo começou em abril deste ano quando assistimos a um fim-de-semana cheio de ação em Paul Ricard, França. Foram dois espanhóis que fizeram a grande primeira impressão com Fran Rueda e Mikel Azcona a dominarem desde o início na primeira e segunda corridas. Lucile Cypriano que se iria tornar uma cara familiar no Ladies Trophy, rapidamente reclamou o primeiro lugar entre as pilotos femininas.

O Campeonato SEAT depois mudou-se para o sul de Portugal, para o Autódromo do Estoril, onde Pol Rosell e Stian Paulsen mostraram o seu potencial, sugerindo o que iriamos esperar da dupla nas corridas futuras. Rosell estava no topo da tabela após dois dias de corrida. Rueda uma vez mais ofereceu uma performance impressionante conquistando a vitória no segundo dia de corrida, no Circuito do Estoril. No entanto, não foi suficiente para arrastar Rosell para segundo lugar. Cypriano conseguiu cimentar a liderança no Ladies Trophy com uns impressionantes 10 pontos.

O lendário Circuito de Silverstone foi o anfitrião das duas corridas seguintes que testemunharam a primeira vitória de Stian Paulsen e uma série de novas caras dominaram o segundo dia de corridas. Rosell manteve a sua forte e consistente performance mas não conseguiu ultrapassar Paulsen no primeiro dia. No domingo, o jovem britânico Jonathan Cocker conquistou o primeiro lugar, seguido pelo seu compatriota Alex Morgan que ficou em segundo e Jordi Oriola em terceiro. Cypriano uma vez mais justificou a sua forte posição no topo do Ladies Trophy.

Os nossos pilotos depois iniciaram um fim-de-semana enérgico na Áustria no Red Bull Ring. Foi Pol Rosell que conseguiu a liderança e conquistou a sua segunda vitória da época. Stian Paulsen também causou impacto no sábado ficando em segundo lugar. Lucile Cypriano ficou na pole position uma vez mais no Ladies Trophy, terminando em 10º lugar na tabela final.

Após uma pequena pausa de férias, o SEAT Leon Eurocup regressou com ainda mais velocidade no Circuito de Nürburgring na Alemanha. O norueguês Stian Paulsen conquistou a sua segunda vitória da época e dominou a primeira corrida do princípio ao fim, apesar da chuva contínua. No domingo o piloto britânico Alex Morgan teve um início poderoso e conseguiu uma liderança confiante depois de um incidente entre Rosell e Williams, que deixou Rosell fora da ação. Oriola conseguiu o segundo pódio da época depois de batalha pelo terceiro lugar com Fran Rueda.

Depois foi a vez de a Itália receber o Campeonato SEAT, com dois dos nomes mais notáveis, Stian Paulsen e Pol Rosell a saírem do Circuito de Monza empatados na tabela final. A equipa JSB Competition dominou a corrida no primeiro dia com Thibaut Mourgues, Julien Briche e Lucile Cypriano a tomarem os 3 lugares de topo respetivamente. Foi a primeira vitória de Mourgues na época depois de ele ter marcado um ritmo difícil de acompanhar para os restantes pilotos. O segundo dia viu Pol Rosell conquistar a sua terceira vitória e quarto pódio esta época, com Jordi Oriola e Stian Paulsen a segui-lo.

Finalmente, após uma época incrível de corridas intensas e de metas emocionantes, uma final ainda mais renhida teve lugar no Circuito da Catalunha em Barcelona, Com Rosell e Paulsen a partilharem o primeiro lugar da tabela no último fim-de-semana. No sábado Paulsen acabou por descer até ao nono lugar conseguindo recuperar fortemente no fim e por pouco não conquistava um lugar do pódio, terminando em quarto. Parecia que Paulsen tinha conseguido fazer o suficiente para manter o título ao seu alcance mas isso não aconteceu com um resultado desastroso na segunda corrida. Pol Rosell terminou em quinto, mas graças à sua performance no primeiro dia saiu vitorioso com o título, o segundo do SEAT Leon Eurocup. Lucile Cypriano sem surpresas mostrou uma incrível performance na corrida final e terminou em primeiro lugar na tabela de classificação Ladies Trophy.

Depois de seis meses inesquecíveis, o SEAT Leon Eurocup 2015 chegou a um fim emocionante e provou que é uma plataforma para alguns dos melhores talentos de competição automóvel. Com apenas duas épocas, parece que se tornou uma competição imperdível no calendário automobilístico.