Partilhar

Spielberg, Áustria 11/09/2016 – Pela segunda vez na história do SEAT Leon Eurocup, o Red Bull Ring deu as boas vindas a uma ronda desta competição e testemunhou novamente uma disputa intensa e emocionante. 15 Pilotos de 11 países diferentes competiram nas duas corridas na rápida pista de 4.3km. Os vencedores estão em guerra acesa para a ronda 5 desta saga de 2016.


A corrida de sábado foi dominada desde o início pelo Mikel Azcona (PCR Sport), que marcou um ritmo consistente durante o fim-de-semana. No entanto, depois de atravessar a meta em, primeiro lugar, o espanhol teve de aguardar ansiosamente uma vez que a Direção de Corridas impôs uma penalidade de 3 segundos por ter ultrapassado os limites do circuito austríaco.

Assim, a classificação da primeira corrida foi ajustada de acordo com essa decisão e a vitória foi dada a Niels Langeveld (Baporo Motorsport) à frente de Azcona e seguido pelo britãnico Alex Morgan (Wolf-Power Racing); o trio subiu ao pódio nesta primeira ronda. O austríaco Mario Dablander (SEAT Austria) ficou em quarto lugar em casa. A francesa Marie Baus-Coppens (JSB Competition) foi a mais rápida no Ladies trophy.


As condições para a corrida de domingo foram ideais para os pilotos do SEAT Leon Eurocup. Como ditam as normas, a ordem de partida é inversa e o grupo de Cup Racers, uma vez mais, lutou no asfalto do Red Bull Ring: negociando a apertada e difícil primeira curva ascendente. Com um excelente ritmo esteve Julien Briché (JSB Competition), firmemente em controlo dos minutos, perseguido por Alex Morgan (Wolf-Power Racing) e Mikel Azcona (PCR Sport) que começaram a sua recuperação depois de iniciarem na 7ª e 10ª posição. Os três protagonistas soltaram-se no Red Bull Ring e fizeram séries de corridas que nenhum outro piloto conseguiu acompanhar. Briché (JSB Competition) reclamou a sua posição e conseguiu a sua primeira vitória da época na frente de Azcona (PCR Sport) e Morgan (Wolf-Power Racing).

Depois de algumas perseguições de cortar a respiração Niels Langeveld (Baporo Motorsport) está agora na liderança da tabela com 171 pontos seguido por Stian Paulsen (Stian Paulsen Racing) com 163 e Mikel Azcona (PCR Sport) com 155 em terceiro lugar. Marie Baus-Coppens (JSB Competition) lidera a tabela do ‘Ladies Trophy’ com 40 pontos.

Julien Briché, JSB Competition, que ficou em 1º na segunda corrida do SEAT Leon Eurocup 2016: “Foi uma corrida fantástica e gostei realmente dela. O início foi um pouco complicado para nós, mas fui capaz de controlar e depois manter a consistência até ao fim. Trabalhámos muito bem todo o fim-de-semana e isso reflete-se diretamente nos resultados. Gostaria de agradecer e dar os parabéns a minha equipa pelo trabalho que realizamos. Haverá mais em Nürburgring!”

Mikel Azcona, PCR Sport, que ficou em 2º na segunda corrida do SEAT Leon Eurocup 2016: “Foi uma corrida muito complicada e lidamos da melhor forma que conseguimos. Havia muito tráfego para uma pista tão estreita e rápida, e tivemos de nos manter concentrados a todos os momentos; este foco permitiu-nos continuar a pressionar e manter-nos perto do Julien Briché. Temos de estar felizes com os resultados de cada corrida e penso que os resultados estão mais interessantes do que nunca.”

Alex Morgan, Wolf-Power Racing, 3º na segunda corrida do SEAT Leon Eurocup 2016: “Sabíamos que tínhamos de acelerar para ficarmos á frente e teve de ser assim, por mais difícil que fosse recuperar da 10ª posição. De qualquer forma, sabíamos que conseguíamos apesar das dificuldades e iriamos conquistar o nosso segundo pódio aqui na Áustria. Podemos seguir para Nürburgring muito satisfeitos com o nosso trabalho e por ter somado pontos importantes para o campeonato.”

Marie Baus-Coppens, JSB Competition, 14º na segunda corrida do SEAT Leon Eurocup 2016, 1º no ‘Ladies Trophy’: “Lutámos bem em ambas as corridas contra pilotos muito rápidos e num circuito nada fácil para ultrapassagens, por isso penso que é um ponto importante para recordar. Em suma, foram duas corridas muito rápidas e intensas que nós gostámos muito.”

Jaime Puig, Diretor da SEAT Sport: “apreciámos realmente estas duas corridas este fim-de-semana no Red Bull Ring. Como é habitual no SEAT Leon Eurocup, a intensidade, as ultrapassagens e as mudanças constantes de liderança formaram o tónico principal, que pudemos desfrutar aqui nesta ronda austríaca. O Red Bull Ring é um circuito que não é fácil para ultrapassar e isso torna tudo mais complicado para a maioria dos pilotos na grelha. A classificação está-se a moldar ficando realmente interessante e seguimos para Nürburgring no próximo fim-de-semana onde esperamos mais emoção deste SEAT Leon Eurocup”.