O aumento de vendas, na SEAT, não tirou férias. Durante agosto, o mês com menor volume de vendas do ano devido ao período de veraneio na maior parte dos mercados, a SEAT entregou 29.700 veículos, 17,3% acima do registado em agosto de 2016 (25.300). Com este crescimento, os resultados de vendas da SEAT entre janeiro e agosto subiram em 13,7%, alcançando um valor total de 315.100 veículos (2016: 277.100), mais 38.000 em comparação com o mesmo período do ano passado.

O UK, México, Turquia, Áustria, Suíça e Israel registaram recordes de vendas

O Vice-presidente Comercial da SEAT, Wayne Griffiths, sublinhou que “agosto foi um mês positivo, contribuindo para a continuação da consolidação do crescimento acumulado durante o ano e também para a nossa posição como uma das marcas que mais cresceram na Europa”. Griffiths acrescenta ainda: “Na próxima semana iniciaremos as vendas do Arona, o nosso segundo SUV, e acreditamos que seguirá a mesma tendência positiva do Ateca. Cada vez mais clientes compram SUV e o Arona, como o Ateca, aspira ser um dos veículos referenciais no seu segmento”.

Entre janeiro e agosto, Espanha, onde a SEAT se mantém como a marca líder de mercado, liderou o número de entregas com 66.900 veículos (+20,4%). Os resultados de vendas na Alemanha também cresceram a dois dígitos, depois da entrega de 8.600 veículos em agosto, subindo 11,9% no acumulado do ano para 65.100 automóveis. O Reino Unido completa o pódio dos mercados SEAT continuando a crescer mais de 20% (35.800 unidades; +21,3%). O Reino Unido é, precisamente, um dos países onde as vendas SEAT, até agosto, alcançaram valores históricos. O México (17.200 veículos; +4,5%), Turquia (14.800; +5,0%), Áustria (12.300; +17,8%), Suíça (6.800; +41,0%) e Israel (6.800; +6,7%) também registaram recordes de vendas até agosto. Em Portugal, a marca regista igualmente um crescimento nas vendas.

Ofensiva de produto muda-se para Frankfurt

A SEAT desembarcará na próxima semana no Salão Automóvel de Frankfurt com a estreia mundial do Arona, o mais recente modelo da marca na maior ofensiva de produto da sua história, no seguimento do Ateca, Leon e Ibiza, lançados nos últimos 18 meses. Em complemento, a SEAT também apresentará em Frankfurt o exclusivo Leon CUPRA R, uma edição limitada do modelo mais potente da marca vendida em apenas 799 unidades, que serão comercializadas no final de 2017; e o novo Ibiza 1.0 TGI, a versão de gás natural comprimido do ícone SEAT. O Ibiza TGI será o terceiro modelo da SEAT propulsionado com GNC, depois do Leon e do Mii. Em 2018, o SEAT Arona TGI juntar-se-á à gama de modelos de gás natural da SEAT.