Luca de Meo, Presidente da SEAT, revelou à imprensa as principais novidades previstas para o próximo Salão Automóvel IAA através de uma videoconferência (http://iaawebconference.seatprapp.com).

Neste evento tão especial, o Arona e o Leon CUPRA R ocuparão o centro do palco no primeiro dia de imprensa e serão apresentados de forma distinta. Na terça-feira, 12 de setembro, pelas 12h15, a Conferência de Imprensa será liderada por Luca de Meo, Presidente da SEAT, que abordará alguns números, falará do Novo Arona, do Leon CUPRA R, sobre o serviço Alexa e fará o anúncio público da lista de Nomes Finalistas do Novo Grande SUV SEAT. Durante a tarde, elementos da Direção Executiva darão duas conferências em formato Press Talk: às 15h00, Wayne Griffiths, Vice-Presidente Executivo de Vendas e Marketing e o Dr. Matthias Rabe, Vice-Presidente Executivo para Investigação e Desenvolvimento, farão a apresentação do Novo Leon CUPRA R e do plano de negócio para os projetos CUPRA; e às 16h30, Ned Curic, Vice-Presidente do Alexa by Amazon e o Dr. Matthias Rabe farão uma intervenção sobre o Alexa, o novo assistente digital da gama SEAT controlado por voz.

A SEAT está a viver os seus melhores momentos enquanto empresa. Nos últimos quatro anos, a SEAT obteve um crescimento de 30%; no ano passado com a venda de 410.000 unidades e a obtenção de 143 milhões de euros de lucro operacional, resultados recordistas na história do construtor. Até ao momento, nos primeiros oito meses de 2017, a SEAT vendeu mais de 310.000 automóveis, o que representa um aumento superior a 13% face ao período homólogo do ano anterior. Este é o melhor resultado desde 2001.

O aumento das vendas em 2017 reflete-se nos resultados financeiros do primeiro semestre. Os lucros operacionais subiram até 40,9% na primeira metade do ano em comparação com o mesmo período de 2016, alcançando o valor recordista de 130 milhões de euros. Simultaneamente, a faturação subiu 12,7% para 5.054 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano.

CUPRA R, o SEAT mais potente e exclusivo – Apenas em Edição Limitada

O novo SEAT Leon CUPRA R atrairá, sem qualquer dúvida, muitas atenções ao espaço do construtor espanhol no IAA 2017. O carro de estrada mais potente de sempre na história da SEAT será também o mais exclusivo, já que a sua produção ficará limitada a 799 unidades. O novo SEAT Leon CUPRA R terá disponível versões com caixa manual (310 CV) e DSG (300 CV), com seis velocidades e tração dianteira. Destacam-se elementos na carroçaria deste carro desportivo como alguns detalhes em carbono nos elementos aerodinâmicos dianteiros e traseiros, nas saias laterais e no extrator traseiro, espelhos retrovisores em tonalidade cobre, bem como nas jantes, com os guarda-lamas e secção dianteira a receberem um desenho mais desportivo à volta das entradas de ar. O SEAT Leon CUPRA R ficará disponível no final de 2017 e os 799 clientes sortudos poderão deleitar-se com um habitáculo que também recebeu o tratamento inspirado no cobre e na fibra de carbono, bem como o volante e a alavanca da caixa de velocidades forrados em Alcantara®. Haverá três cores à escolha: Preto Midnight, Cinzento Pyrenees (duas cores sem custo adicional) e o exclusivo Cinzento Matte.

O novo Leon CUPRA R também recebe alguns extras. No eixo dianteiro, o camber modificado e a suspensão adaptativa DCC (Controlo Dinâmico de Chassis), sem esquecer os travões Brembo. Também adota um novo sistema de escape. Muito desportivo, sim, mas, acima de tudo, um modelo único e irrepetível, reservado a 799 dos mais exigentes clientes da marca.

Novo SEAT Arona – Estreia Mundial

Com o Novo Arona, a SEAT entra no segmento dos crossover compactos. Os visitantes do Salão Automóvel de Frankfurt poderão conhecer a novidade e assistir ao lançamento das vendas do SEAT Arona, que terão início exatamente nesse mesmo dia de estreia mundial. As primeiras unidades serão entregues aos clientes no final de novembro e a gama de preços para o mercado alemão e espanhol será revelada no primeiro dia de imprensa.

Pensado para os condutores que procuram aquele momento adicional de entusiasmo na experiência de condução, o Arona assume o posicionamento certo na gama de SUV SEAT, abaixo do Ateca e, depois do Ibiza, é o segundo modelo a ser fabricado sobre a plataforma MQB A0. Fabricado exclusivamente em Martorell, sobressai com o seu desenho, altura, largura, dimensões de crossover compacto, vastas possibilidades de personalização e a mais avançada tecnologia em segurança e conetividade.

O Arona dá continuidade à maior ofensiva de sempre em novos produtos, seguindo-se ao SEAT Ateca, à atualização do Leon, ao Novo Ibiza e que ficará completa com o grande SUV que chegará no próximo ano.

Alexa by Amazon, o seu assistente pessoal

Alexa by Amazon: o inovador serviço de voz interativo traz consigo a mais avançada conetividade e a tecnologia mais segura

Entre todos os fabricantes na Europa, a SEAT será a primeira marca a lançar automóveis com o serviço de voz interativo Alexa integrado, ficando disponível no final do ano no Leon e no Ateca e, durante 2018, no Ibiza e no Arona.

Durante o Salão de Frankfurt 2017, a SEAT anunciará a sua nova parceria com o serviço de voz Amazon Alexa, que desenvolveu o Alexa como um serviço de voz interativa. A colaboração entre a SEAT e a Amazon Alexa visa oferecer soluções inteligentes integradas e otimizar o tempo que o condutor passa no automóvel.

Com Alexa integrado nos veículos SEAT, os condutores poderão, mediante uma simples pergunta procurar destinos, o concessionário mais próximo ou encontrar um local para jantar, entre tantas outras possibilidades. E o melhor ainda está para vir, já que a evolução do Alexa e a sua integração na gama SEAT está apenas no início.

Desvendados os nomes finalistas do maior SUV SEAT

O processo de escolha do nome do maior dos SUV SEAT através de votação pública gerou enorme expetativa. A iniciativa #SEATseekingName resultou na seleção de nove propostas de nome para o futuro terceiro SUV da marca, que chegará ao mercado em 2018. Os nove nomes de locais da geografia espanhola, selecionados entre as 10.130 propostas recebidas, e com hipótese de se tornarem num dos finalistas a 12 de setembro, são os seguintes:

Abrera - Alboran - Aran - Aranda - Avila - Donosti - Tarifa - Tarraco - Teide

A marca apresentará os nomes finalistas durante a conferência de imprensa no Salão de Frankfurt no dia 12 de setembro. Desse dia e até 25 de setembro, todos poderão votar no seu nome favorito através de seat.com/seekingname e de seat.es/buscanombre. O nome mais votado será o escolhido para o novo SUV SEAT e posteriormente divulgado até 15 de outubro.

Aposta no GNC

A aposta da SEAT no sentido das energias limpas e eficientes ganha força com a chegada do Novo SEAT Ibiza 1.0 TGI, propulsionado por Gás Natural Comprimido (CNG)

Por último, mas certamente não menos importante, a SEAT tenciona demonstrar as potencialidades da marca através dos modelos alimentados por GNC. Seguindo o sucesso da introdução das versões GNC do Leon e do Mii, chega agora a vez do Novo SEAT Ibiza. O novo SEAT Ibiza 1.0 TGI será apresentado em Frankfurt como prova de confiança da SEAT no Gás Natural Comprimido (GNC) como combustível limpo e eficiente. O Gás Natural Comprimido é a alterativa ecológica capaz de preencher o espaço entre as energias de propulsão tradicional e a do motor elétrico. E além disso, o GNC combina o melhor de dois mundos, Diesel e gasolina, já que reduz em 85% as emissões de óxido de nitrogénio em comparação com um motor Diesel, cortando simultaneamente em 25% nas emissões de CO2 face ao motor a gasolina, assim como no nível de partículas libertadas para a atmosfera.

O Ibiza 1.0 TGI será fabricado na mesma linha de produção da restante gama graças à flexibilidade proporcionada pela nova plataforma modular MQB A0, que, aliás, será sujeita exatamente aos mesmos testes padrão que garantem a aprovação técnica, controlo de qualidade e durabilidade, globalmente com a total garantia da SEAT e mantendo, na íntegra, as qualidades da gama do novo Ibiza em termos de segurança, conetividade, design, conforto, precisão e qualidade da dinâmica.

O Ibiza 1.0 TGI terá três depósitos de combustível: um para gasolina e dois para GNC; isto porque o seu motor é capaz de funcionar perfeitamente com os dois combustíveis, alcançando uma autonomia total combinada de quase 1.200 quilómetros (390 com GNC), com emissões de CO2 em modo GNC de apenas 88 g/km. Nenhuma outra tecnologia fica próxima do Ibiza 1.0 TGI em termos de autonomia de combustível, o que significa que, se comparado com os veículos elétricos, o condutor nunca irá recear ficar sem carga na bateria ou sem combustível. Disponível no nível Style, o Ibiza 1.0 TGI domina os baixos custos de utilização graças ao preço reduzido do GNC e à elevada eficiência do seu motor.